Home » Lazer » Você sabe quais os dez países com a maior taxa de alfabetização do mundo?

Você sabe quais os dez países com a maior taxa de alfabetização do mundo?

 

10-Tajiquistão – 99.7810%

Graças ao antigo sistema soviético de educação gratuita, o Tajiquistão tem uma taxa alta de alfabetização apesar de sua pobreza. Em torno de 25% das garotas ainda não conseguem completar o ensino primário obrigatório devido ao viés de género.

9- Polónia – 99.7874%

Diz-se que a educação da sociedade polaca era uma meta dos governantes da nação já no século 12. Mesmo com a grande destruição gerada na nação pela Segunda Guerra Mundial, o país foi capaz de fazer preservação de parte grande da própria riqueza cultural. Existem na Polónia 14 pontos com inscrição na lista de Património Mundial da UNESCO, sem contar mais 54 “Monumentos Históricos”.

8- Cazaquistão – 99.7878%

A educação no Cazaquistão é universal e obrigatória totalmente para o nível secundário. Já a educação superior do Cazaquistão na atualidade, por meio das várias universidades, institutos, academias, escolas superiores, conservatórios, tem divisão em 3 categorias principais, sendo educação superior básica que apresenta o fundamental do campo de estudo selecionado e direciona para bacharelado. Ainda educação superior especializada, depois os estudantes obtêm Diploma de Especialista. Ainda a educação superior científico-pedagógica, que direciona para mestrado.
7- Guam – 99.7890%

Guam é um membro do grupo exclusivo de 76 instituições de concessão de terra dos Estados Unidos. Com uma população de 178 mil, os guamanians são cidadãos americanos por “nascimento”.

As instalações militares pela ilha se encontram entre bases americanas de maior significado estratégico pelo Pacífico Ocidental. A Espanha cedeu Guam no ano 1898, com ocupação por Japão em 1941, com retomada pelos Estados Unidos 3 anos posteriormente. Guam se caracteriza como base aeronaval estratégica aos Estados Unidos, a servir de base às operações militares e da espionagem em Oceania e Ásia.

6- Azerbaijão – 99.8053%

Uma percentagem relativamente alta de cidadãos do Azerbaijão obteve alguma forma de ensino superior, sobretudo em disciplinas científicas e técnicas. O país é considerado por ter um nível alto de Índice de Desenvolvimento Humano que classifica ao nível da maioria dos países da Europa do Leste.

5- Lituânia – 99.8233%

A constituição da República da Lituânia torna a educação obrigatória para todos os menores de 16 anos. A educação nas escolas municipais e estaduais para educação geral, escolas profissionais, e escolas de educação complementar são disponíveis gratuitamente.

4- Estónia – 99.8235%

Segundo o Programa de Avaliação Internacional de Estudantes, PISA, os níveis de desempenho dos alunos em idade de ginásio na Estônia está entre os mais altos do mundo. A Estónia é quarta posição nesta selecção, com marca de 99.8235%, dos 10 países com maior taxa de alfabetização.

3- Letónia – 99.8927%

A Letónia é parte de Nordplus, um programa que oferece apoio financeiro para uma variedade de cooperação educacional entre parceiro na área de aprendizagem ao longo da vida dos países participantes nas regiões Báltica e Nórdica.

2- Uzbequistão – 99.9952% 

O sistema educativo gratuito e universal da União Soviética é a razão principal para a taxa alta de alfabetização do Uzbequistão. As universidades do Uzbequistão criam quase 600.000 graduados anualmente. Este país na Ásia Central se caracteriza por ser uma das repúblicas que compunham a União Soviética extinta, e tem limitação ao norte por Cazaquistão, e a leste por Quirguistão e por Tajiquistão, sendo a sul por Afeganistão, e por Turcomenistão a sul e a oeste. E inclui além do principal território, ainda enclaves de Sokh e de Iordan, em Quirguistão. A capital se resume Tashkent.

A nação é de forma frequente alvo da cobertura noticiosa associada com desastre ecológico do mar de Aral, quase desertificado depois da determinação do sistema nacional da irrigação sem sucesso.

1- Correia do Norte-99.9992% 

Praticamente toda a população da Correia do Norte é listada como “alfabetizada” em seu próprio censo, incluindo as pessoas até a faixa etária de 80 e acima. A educação é financiada pelo Estado e é gratuita, obrigatória por 11 anos. A maioria dos formandos do programa obrigatório não frequenta a universidade. Eles iniciam o serviço militar obrigatório.

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados