Home » Lazer » Herança

Herança

Custou, mas aconteceu. Afinal, Abraão Vicente é capaz de reconhecer mérito alheio, isto é, que não é destruindo apenas que se constrói o novo. O que se herda pode ser continuado e melhorado, como numa corrida de estafetas. O AME é a prova disso. Antes tarde que nunca. Humildade? Discernimento? Golpe de marketing? Qualquer que for a resposta, o AME veio para ficar. É património de Cabo Verde, da Cidade da Praia em particular. Só por miopia política e falta de abertura de espírito quem quiser não vê. Abraão, felizmente, lá conseguiu dar-se conta do tamanho evidência que tinha pela frente. Resta saber, se esta atitude é sinal de algum amadurecimento político em prol da democracia, do bom senso e do comportamento que se espera de uma figura de Estado… a ver vamos!

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados