Home » Política » Fogo: Eva Ortet diz haver um retrocesso na gestão de água para agricultura na ilha

Fogo: Eva Ortet diz haver um retrocesso na gestão de água para agricultura na ilha

A parlamentar, que até esta terça-feira, 18, encontrava-se na ilha do Fogo, explicou que sua visita à delegação do MAA local, deveu-se a duas preocupações em particulares

Eva Ortet, deputada do PAICV eleita pelo círculo eleitoral do Fogo, considerou, esta quarta-feira, 19, que, com a passagem da gestão para as mãos da delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), houve um retrocesso na gestão da água para agricultura na ilha do vulcão.

A parlamentar, que até esta terça-feira, 18, encontrava-se na ilha do Fogo, explicou que sua visita à delegação do MAA local, deveu-se a duas preocupações em particulares: a questão de água para rega e a implementação das actividades geradoras de rendimento para as famílias deslocadas de Chã das Caldeiras.

“A gestão da água que estava no processo de privatização e com passagem da associação dos agricultores para a delegação do MAA teve um retrocesso e o resultado está a vista”, afirma a deputada, observando que as duas maiores associações ligadas ao sector, a  Associação de Agricultores e Criadores de Gado, e a Associação de Solidariedade e Desenvolvimento Económico (ASDE) tinham o processo bem avançado para assumir a gestão.

Segundo a mesma, o ideal era que as duas associações fizessem a gestão o e o MAA ficasse na retaguarda para realizar investimentos na mobilização de mais água e construção de reservatórios permitindo, assim, o surgimento de novas áreas irrigadas, bem como, disponibilizar água 24 horas/dia aos agricultores.

JN c/ Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados