Home » Cultura » Júri dos CVMA diz que “Txoma Minis” não é original  

Júri dos CVMA diz que “Txoma Minis” não é original  

Este ano o top três dos mais nomeados é encabeçado por Nelson Freitas e Loony Johnson, com seis nomeações cada, seguido por Djodje, com cinco.

 

Depois da divulgação dos 27 artistas nomeados nas 16 categorias em concurso na sétima edição dos Cabo Verde Music Awards (CVMA), muitas pessoas estão a demonstrar o desagrado com as nomeações.

Muitos internautas estão a questionar o porquê da não nomeação da música “Txoma Minis”, de Sakis di Praia, que, segundo dizem, é dos temas que “mais sucesso fez” durante todo o ano, tocando em todas as rádios e discotecas do país e la fora.

Em conferencia de imprensa esta quarta-feira, 15, durante a divulgação das últimas quatro categorias, o presidente dos júri dos CVMA, Tó Tavares, reconheceu que a música “Txoma minis” teve “grande popularidade”, mas disse que “uma parte musical e instrumental não é do Sakis, mas sim de Edmar Lest”.

No entanto, na categoria “Melhor Música Tradicional Cabo-verdiana”, Ceuzany foi nomeada com o tema ‘Cabo Verde la fora’, música original do rapper Kiddye Bonz, gravada no seu álbum ‘Fortunas do Thug Ámen’. Sobre isso, Tó Tavares diz que a originalidade deve ser privilegiada, mas entende que a música tradicional cabo-verdiana sempre teve influências de outros estilos.

“Ceuzany cantou esta música num ritmo de coladeira. Esta parte foi muito interessante e depois, também, o Kiddye Bonz cantou. Devo dizer que a coladeira está em crise, e da forma como Ceuzany interpretou esta música, seria injusto não levar esta versão aos CVMA”, admite.

Este ano o top três dos mais nomeados é encabeçado por Nelson Freitas e Loony Johnson, com seis nomeações cada, seguido por Djodje, com cinco.

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados