Home » Actualidades » Caso Novo Banco: Ministro das Finanças nega intenção de substituir Novo Banco por outro

Caso Novo Banco: Ministro das Finanças nega intenção de substituir Novo Banco por outro

Olavo Correia diz que o Governo está a trabalhar numa linha de crédito para financiar as micro e pequenas empresas, mas que tal linha “não passa pela criação de uma instituição com a natureza do Novo Banco".

Olavo Correia, ministro das Finanças de Cabo Verde, garantiu esta terça-feira à imprensa na Praia que por detrás da resolução do Novo Banco esteja a intenção do Governo em criar um novo banco semelhante de financiamento ao microcrédito e às pequenas e médias empresas.

“Não há necessidade porque o mercado financeiro do microcrédito é muito pequeno e não tem escala para termos um banco com a dimensão do Novo Banco, que tem custos elevadíssimos e não funciona”, disse citado pela Lusa.

Isto, em resposta às acusações proferidas ontem pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), agora na oposição, que acusou o Governo de Ulisses Correia e Silva de ter, “de forma deliberada, intencional e consciente, abrir o caminho para o processo de extinção do Novo Banco”.

“O actual Governo quis, de forma deliberada, intencional e consciente, abrir o caminho para o processo de extinção do Novo Banco”, e que, contrariamente aquilo que vem propalando publicamente, porquanto existiam, sim, alternativas outras que não a Resolução decretada, e que, por falta de vontade política, não foram accionadas (pelo actual Governo)”, aponta Nuias Silva.

Olavo Correia por seu turno contrapõe dizendo que, o Governo está a trabalhar “numa linha de crédito” para financiar as micro e pequenas empresas, mas que tal linha “não passa pela criação de uma instituição com a natureza do Novo Banco”.

 

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados