Home » Fogo » Fogo: Guias Turísticos exigem presença efectiva da Polícia em Chã das Caldeiras

Fogo: Guias Turísticos exigem presença efectiva da Polícia em Chã das Caldeiras

Aborrecida com o recente caso de assalto e agressão a um casal de turistas ocorrida no início de Março, no interior de Chã das Caldeiras, na Ilha do Fogo, a Associação de Guias Turísticos local exige a presença efectiva da Polícia na localidade.

Para a Associação, tendo em conta o número crescente de turistas que visitam Chã das Caldeiras e que faz o percurso entre Chã das Caldeiras, Monte Velha e Mosteiros, é de todo “indispensável” a presença policial efectiva, como forma de desincentivar a ocorrência dessas práticas.

 A colectividade  entende ser necessário ministrar  formação a um grupo de jovens que pretendem ser guias, mas que, ainda, não estão suficientemente preparados, nem no que refere ao domínio da língua, nem em termos de conhecimentos históricos, mas que, num primeiro momento, poderão funcionar como acompanhantes nos percursos que não requerem a presença dos guias.

 Relativamente ao assalto aos turistas, o presidente da Associação de Guias Turísticos de Chã das Caldeiras, disse à Inforpress tratar-se de um caso isolado e praticado por uma única pessoa, que está sendo investigada pelas autoridades policiais, indicando que casos do género não só mancham a comunidade como, também, podem afugentar os turistas que pretendam visitar Chã das Caldeiras.

As autoridades policiais têm sob a mira um suspeito do assalto, mas a Associação de Guias desconhece se os pertences do casal foram ou não recuperados pela Policia Nacional.

JN c/ Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados