Home » Economia » Sal: dessalinizadores de “emergência” já estão a caminho de Cabo Verde

Sal: dessalinizadores de “emergência” já estão a caminho de Cabo Verde

Cada dessalinizador vai custar cerca de 25 mil contos, por ano, e serão adquiridos no quadro da taxa turística.

O grupo de dois dessalinizadores de emergência, para fazer face ao problema da penúria de água, no Sal, já está a caminho de Cabo Verde. A garantia foi dada a este online pelo presidente da Câmara do Sal, Júlio Lopes.

O autarca avançou que já foi assinado o contrato com a empresa das Canárias que vai fornecer os equipamentos e, inclusive, já foi disponibilizada a primeira tranche, e a segunda só será desembolsada seis meses após os dessalinizadores estarem a funcionar.

“Cada dessalinizador vai custar cerca de 25 mil contos/por ano e serão adquiridos no quadro da taxa turística”.

Resta agora aos salenses esperar que os dessalinizadores cheguem das Canárias e entrem efectivamente em funcionamento para que possam ter água 24 horas por dia, na rede, isto até que a ELECTRA conclua o projecto em curso de instalação de um grande dessalinizador, capaz de abastecer toda a ilha, que deverá estar concluído em fins de 2017, inícios de 2018.

Até lá, porque já diz o povo que “mais vale prevenir do que remediar”, o melhor é armazenar o precioso líquido em casa, porque a situação não está ainda normalizada e já se arrasta de forma mais intensa desde final do ano passado. GC

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados