Home » Economia » Agricultores de Santo Antão exigem “espaço apropriado” para trocas comerciais em São Vicente  

Agricultores de Santo Antão exigem “espaço apropriado” para trocas comerciais em São Vicente  

Para tentar resolver a questão, o representante dos agricultores pede ao Governo e câmaras municipais a construção de um espaço próprio para o comércio.

Os agricultores em Santo Antão exigem a construção de um espaço de troca de produtos na Zona Industrial do Lazareto, em São Vicente. O objectivo é garantir “dignidade” aos comerciantes santantonenses, no único mercado de que dispõem.

Em declarações à Rádio Morabeza, o presidente da Associação Agro-industrial de Santo Antão, António Carente Pires, diz que o espaço actual, situado na zona da Torrada não é o mais adequado para as trocas comerciais.

“É um lugar que não é próprio. É de terra batida, há vários tipos de sujidade desde evacuações humanas, entre outros”, comenta à Rádio Morabeza.

O problema de segurança no largo da Torrada que, todas as segundas, quartas e sextas-feiras transforma-se “num mercado abastecedor ao ar livre” é outra questão levantada, tanto pelos agricultores e produtores de Santo Antão, como pelos comerciantes de São Vicente.

Para tentar resolver a questão, o representante dos agricultores pede ao Governo e câmaras municipais a construção de um espaço próprio para o comércio.

São Vicente é o único mercado de que os produtores em Santo Antão dispõem, devido ao embargo de produtos agrícolas, imposto há mais de 30 anos, para impedir a transferência de pragas, nomeadamente mil-pés, de Santo Antão para as outras ilhas agrícolas.

AN c/ Rádio Morabeza

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados