Home » Actualidades » Estudos para construção do aeroporto em São Antão vão mesmo avançar

Estudos para construção do aeroporto em São Antão vão mesmo avançar

Se tudo correr dentro do programado pelo Governo, a obra será lançada nos finais do ano de 2020, avançou o ministro da Economia e Emprego à audiência que se mostrou satisfeita com o anúncio.

O Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, garantiu no sábado, em Santo Antão que os estudos realizados para a construção do futuro aeroporto em Porto Novo, na localidade de Casa do Meio vão mesmo avançar.

Esta decisão foi avançada pelo governante no segundo e último dia da Mesa Redonda que decorreu em Ribeira das Patas, precisamente para reforçar a intenção do Governo em construir esta importante infra-estrutura para o desenvolvimento de Santo Antão, ainda durante esta legislatura, mesmo que seja a colocação da primeira pedra da obra, tendo em conta os aspectos técnicos a terem em conta.

É que segundo o assessor do Ministro para a área de aviação civil, Nuno Santos, que apresentou os estudos preliminares durante o evento efectuados por uma equipa pluridisciplinar, existem todas as condições para a construção de uma pista de 2.500 – pronta para receber voos internacionais -, mas são necessários estudos complementares que passam por colocação de equipamentos para a medição dos ventos (que deve demorar três anos), a pressão atmosférica, a temperatura, a humidade do ar e as precipitações.

Se tudo correr dentro do programado pelo Governo, a obra será lançada nos finais do ano de 2020, avançou o ministro da Economia e Emprego à audiência que se mostrou satisfeita com o anúncio.

Sobre a Mesa Redonda, o ministro José da Silva Gonçalves, considera “acertada” a escolha de Santo Antão para a realização do evento e espera que este seja mais um estudo de caso, que pode muito bem ser aplicado nas outras ilhas com as características da “ilha das Montanhas”, embora todas têm o seu potencial turístico.

Ao fazer o balanço, o governante voltou a sublinhar a importância da criação da sociedade de desenvolvimento da ilha de Santo Antão, apresentada no evento pelo consultor Paulino Dias e que é muito bem visto pelo Governo.

“Achamos que vai ser uma ferramenta muito indispensável para dinamizar ainda mais o tempo de desenvolvimento do turismo aqui em Santo Antão”, disse à imprensa a saída do encontro.

Depois da Boa Vista que recebeu evento semelhante mas ligado ao segmento Turismo de sol e praia, foi a vez de Santo antão, desta vez para ouvir os principais stakeholders darem o seu contributo. A próxima Mesa Redonda acontece em São Vicente, sobre Turismo Urbano, ligado aos Cruzeiros e deve acontecer em finais de Março ou início do mês de Abril.

Mas o Ministro não descartou realizar eventos semelhantes para a região de Fogo e Brava e uma outra em Santiago, com temas mais específicos.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados