Home » Actualidades » Assomada: Hiacistas manifestam-se em frente à polícia

Assomada: Hiacistas manifestam-se em frente à polícia

Os hiacistas pedem a mudança da atitude dos agente da PN em Santa Catarina, ou então a mudança da própria chefia da PN no concelho por parte do Ministro da Administração Interna.

Os hiacistas que fazem frete na linha Assomada/ Praia/Assomada, estão descontentes com a actuação da Polícia Nacional em Santa Catarina. Por isso, dezenas de condutores de hiaces  concentraram-se esta quinta-feira, 16, em frente do Comando Regional da Polícia Nacional, em Assomada, para exigir uma melhor colaboração da PN para evitar que os outros hiacistas apanhem passageiros, na cidade da Assomada fora da paragem criada para o efeito.

Conforme o Presidente da Associação de Hiacistas de Santa Catarina, Alcides Cabral “Preto” a passividade da PN em Assomada tem permitido que alguns hiaces apanhem passageiros fora da paragem criada pela Câmara Municipal para o efeito. O que no entender de Preto está a prejudicar aqueles que querem prestar um serviço com qualidade e organizado, aguardando a sua vez na fila.

“ Há quase um ano que foi instituído paragem em Assomada para os carros que fazem carreia Assomada – Praia. E desde então verificamos ganhos significativos em vários aspectos tanto para os condutores bem como os passageiros, justamente porque deixamos de dar voltas o que era stressante para ambas as partes.  Por isso pedimos mais apoio da Polícia Nacional em Santa Catarina”, apela.

Preto salienta que inicialmente contavam com a colaboração da PN, que inclusive obrigava os infratores a colocar os passageiros no chão e aplicava coimas.

“A polícia deixou de atuar perante os que apanham passageiros fora da paragem, mesmo à frente da esquadra policial, nas barbas da polícia. Sempre que protestarmos as chefias dizem –nos que não há uma lei que proíba os hiaces de apanharem passageiros fora da paragem. Mesmo sabendo que existe uma deliberação da Câmara Municipal, assinada pelo Presidente Beto Alves que estipula paragem e proíbe recolha dos passageiro com destino à cidade da Praia, em Assomada fora da paragem”, explica.

Por isso os hiacistas pedem a mudança da atitude dos agente da PN em Santa Catarina, ou  então a mudança da própria chefia da PN no concelho por parte do Ministro da Administração Interna.

Tentamos uma reação junto da Polícia Nacional em Santa Catarina, mas fomos informados que o Comandante Regional Adjunto, e Chefe da Esquadra, Policarpo de Fonseca que é responsável pelo Sector de trânsito, se encontra de férias, e que quando regressar, depois das averiguações em concertação com o Comandante Regional, a PN vai apresentar uma reação.

SM

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados