Home » Actualidades » Ministro da Cultura garante que Cidade da Praia vai ter Carnaval este ano

Ministro da Cultura garante que Cidade da Praia vai ter Carnaval este ano

Abraão Vicente deu esta garantia, esta terça-feira, 10, após um encontro com representantes dos grupos carnavalescos da capital, na sequência do edital de financiamento do Ministério da Cultura que financia apenas os grupos de São Vicente e de São Nicolau num montante de 7.200 contos.

O ministro da Cultura e das Industrias Criativas garantiu hoje que vai haver Carnaval na Cidade da Praia este ano, estando já confirmadas as presenças de três grupos, Samba Jó, Vindos Mar e Deusa do Amor.

“O encontro foi muito positivo porque já temos a garantia de pelo menos três grupos que vão sair à Avenida. Eu saio com quase garantia de que vai haver Carnaval na Praia”, sustentou, argumentando que seria contraditório porque nos anos anteriores não houve financiamento por parte do Ministério da Cultura aos grupos carnavalescos da Cidade da Praia.

Segundo Abraão Vicente, o encontro serviu para esclarecer o “mal-entendido”, segundo o qual houve predisposição do Governo em não financiar o Carnaval da Praia e dos outros municípios.

Recordou que os dois editais de financiamento, o dos grupos de São Vicente e de São Nicolau, e o dos municípios, saíram ao mesmo tempo e que sempre houve pré-disposição do Ministério da Cultura para financiar o Carnaval dos outros municípios, mas que as eleições fizeram com que câmaras não avisassem os grupos sobre o referido edital.

Em relação ao montante que os grupos da Praia vão receber, esclareceu que o edital propõe distribuição de verbas de acordo com a entrega dos projectos entregues nas câmaras municipais através da autarquia no ministério.

Avançou ainda que neste momento o Ministério da Cultura mantém negociações com o sector privado para um pacote “mais amplo para financiar todos os carnavais”, mas que, no entanto, vai haver financiamento e que as quantias vão ser definidas ainda esta quarta-feira com a edilidade.

“Nunca comparando os carnavais de São Nicolau e São Vicente que não vivem às custas dos carnavais dos outros municípios”, sustentou, justificando que a decisão de financiar através de um edital o Carnaval específico para estas duas ilhas foi uma “decisão estratégica” da tutela para este ano e que os grupos da Praia já compreenderam esta posição.

“Creio que já neste momento uma grande abertura para desenvolver aquela que é a marca do Carnaval da Cidade da Praia e creio que há disponibilidade e boa vontade dos grupos para construirmos o diálogo. Ficou provado aqui que todo o clima de crispação existente nas últimas semanas não passou de má interpretação e algum aproveitamento político”, revelou.

Do encontro também saiu a decisão da realização de um Fórum Municipal para o Carnaval, anualmente após os desfiles, que vai servir para “pensar e planear” as especificidades do Carnaval da Praia.

Ainda ficou decidido que o Governo vai atribuir um prémio para o melhor grupo de animação, que vai ser anunciada com um nome de uma figura típica do Carnaval da Paria

“Temos condições para melhoramos nos próximos anos há entendimento, não há consenso obviamente porque cada grupo tem que tomar a sua decisão, mas pelo menos já temos a decisão de que vai haver o carnaval na Praia”, enfatizou.

Por seu turno o porta-voz dos grupos carnavalescos, José Fernandes, asseverou que a decisão dos restantes grupo sair ou não às ruas vai ser anunciada esta quarta-feira, após uma reunião com todos os grupos de Carnaval da Cidade da Praia.

Para além da confirmação dos três grupos, Samba Jó, Vindos Mar e Deusa do Amor, a Inforpress soube que a Associação Acarinhar não vai desfilar este ano, na terça-feira do Carnaval, 28 de Fevereiro.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados