Home » Actualidades » Carmelinda Abu-Raya lança conto infanto-juvenil sobre “bullying”, na Boa Vista

Carmelinda Abu-Raya lança conto infanto-juvenil sobre “bullying”, na Boa Vista

“Bullying”, a nova obra de Carmelinda Abu-Raya, é lançada esta quarta-feira, 01, na ilha da Boa Vista.

“Bullying”, a nova obra de Carmelinda Abu-Raya, foi lançada ontem, quarta-feira, 01, na ilha da Boa Vista. Um conto infanto-juvenil que, tal como sugere o título, retrata o problema da violência entre os jovens e não só. “É uma fábula que relata a frustração de um hipopótamo por ser do jeito que é e os atropelos dele querendo transformar-se para que os outros o aceitem”, afirma.

Com 24 páginas, com texto e ilustrações, o conto pretende transmitir a ideia da aceitação do próximo com a sua própria individualidade. “Cabe-nos elucidar as crianças que a diversidade é benéfica e que o amor ao próximo se traduz na aceitação do outro”, diz Carmelinda.

“O livro é uma chamada de atenção para o tema que afecta pessoas de todas as faixas etárias, como uma grande bola de neve, em quase todo o mundo”, acrescenta. “Existe ‘bullying’ de professores contra alunos, entre colegas de escola, entre raças, religiões… e é essa intolerância que tem o mundo numa catástrofe humanitária sem precedentes”.

Para a escritora, este é também mais “um passo” para a afirmação da literatura infanto-juvenil” em Cabo Verde, um domínio relativamente novo entre os autores cabo-verdianos. “É um trabalho que demonstra que, mesmo em terreno pouco fértil, pode haver sementeira e colheita”, explica.

Além disso, acrescenta, “o tema é actual e poderá servir de apoio às escolas, sem contar que ler aumenta as competências literárias e uma criança que lê tem quatro vezes mais vocabulário do que uma que não lê, alcançando com isso, maior capacidade interpretativa e criativa”.

 Lançamento na Boa Vista

Carmelinda Abu-Raya explica que o lançamento na Boa Vista advém do facto de ter já lançado outros livros seus na ilha, tendo ficado aberto o convite para futuros lançamentos.

“Há três anos lancei o meu primeiro trabalho na Boa Vista a convite da Câmara Municipal. Foi um evento tão bom que prometi que um dia haveria de lançar um outro livro naquela ilha. O convite, este, foi feito pela diretora do centro de artes e cultura, Vilma Fragoso, e eu aceitei imediatamente”, explicou.

Escritora e médica estomatologista, Carmelinda Abu-Raya, cabo-verdiana, nasceu em Luanda, é autora de outras três obras, todas direccionadas ao público infantil: “O Pirilampo e a Libélula”, “o ET” e “O Espantalho”, lançados entre 2014 e 2015.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade