Home » Actualidades » Georgina de Mello agraciada com Prémio Femina 2015 que distingue mulheres portuguesas e da lusofonia

Georgina de Mello agraciada com Prémio Femina 2015 que distingue mulheres portuguesas e da lusofonia

A cabo-verdiana Georgina de Mello, actual directora-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), acaba de ser agraciada com o Prémio Femina de Honra 2015, em Portugal.

A cabo-verdiana Georgina de Mello, actual directora-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), acaba de ser agraciada com o Prémio Femina de Honra 2015, em Portugal.

O Prémio Femina foi criado em 2010, para distinguir mulheres portuguesas “notáveis”, mas este ano, na sua quinta edição, foi alargado à Lusofonia, para prestigiar mulheres que se tenham distinguido com mérito ao nível profissional, cultural e humanitário no mundo, pelo conhecimento e pelo seu relacionamento com outras Culturas.

Trata-se de um dos mais prestigiantes prémios atribuídos a mulheres em Portugal, de diferentes áreas e sectores, entre eles investigação, empreendedorismo, inovação e cultura.

A cabo-verdiana Georgina Mello, que actualmente é directora-geral da CPLP é, assim, a primeira lusófona a ser distinguidas ao ser galardoada com o prémio Femina de Honra 2015.

De salientar que outra das lusófonas agraciadas é Inocência Mata, natural de São Tomé e Príncipe que venceu na categoria mérito nas Letras: Literatura – Investigação e ensino de Literaturas Lusófonas.

Perfil 

Georgina Benrós de Mello nasceu em São Vicente, mas cresceu no Paul, em Santo Antão, onde fez a instrução primária. Mais tarde ruma à Praia para prosseguir os estudos liceais e onde daria início a uma grande carreira na área da economia e não só. Georgina Benrós de Mello licenciou-se em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa e é pós-graduada no CENFA (Cabo Verde) e FUNDAP (Brasil), e ainda pela Graduate School of Public and International Affairs da Universidade de Pittsburgh (EUA).

É também Mestre em Património, Turismo e Desenvolvimento, pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade de Cabo Verde, tendo defendido a tese “Museu Virtual de Paisagens de Cabo Verde – Por um modelo alternativo de turismo”.

Do seu vasto currículo constam funções desempenhadas como economista em Cabo Verde, no sector público e privado, assim como em Timor-Leste onde conduziu o processo de instalação da agência de promoção do investimento e das exportações, tendo sido a sua primeira Directora Executiva.

Trabalhou com projectos de diferentes fundos e agências das Nações Unidas e outros financiados pelo Banco Mundial, tanto em Cabo Verde como em Timor-Leste.

Entre outras publicações e artigos é co-autora, com Ana Cristina Lopes Semedo, do “Guia do Exportador para o Mercado da União Europeia”, editado em Março de 2001 na Praia.

Actualmente, é Directora-Geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), funções que desempenha desde 3 de Fevereiro de 2014. Antes, era Coordenadora da Unidade Nacional de Implementação do programa Quadro Integrado Reforçado (QIR da OMS).

GC c/Matriz Portuguesa

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade