Home » Maio » Maio: Governo entrega 43 chaves de “Casa para Todos”

Maio: Governo entrega 43 chaves de “Casa para Todos”

As famílias seleccionadas no programa “Casa para Todos”, na classe A, na ilha do Maio, receberam esta semana as chaves das respectivas moradias, directamente, das mãos do primeiro- ministro, José Maria Neves.

As famílias seleccionadas no programa “Casa para Todos”, na classe A, na ilha do Maio, receberam esta semana as chaves das respectivas moradias, directamente, das mãos do primeiro- ministro, José Maria Neves.

No total foram 43 famílias que viram, assim, o sonho de ter casa própria a tornar-se realidade. O acto aconteceu na passada terça-feira, 4 de Novembro, passando doravante a viver com mais dignidade.

Marcelina dos Reis, 75 anos, não pôde conter as lágrimas de emoção depois de receber a chave de um T3 classe A. E confessou que, a partir de agora, vai poder habitar em condições dignas, juntamente com a filha e um neto. “Antes, morávamos numa casa de renda e pagávamos oito mil escudos. Mas, a partir de agora, vamos pagar um valor mais baixo e com vantagem da casa tornar nossa no final”.

O presidente da Câmara Municipal do Maio, Manuel Ribeiro, mostrou- se igualmente satisfeito com o investimento em moradia social feito pelo Governo. Conforme expressou, com iniciativas do género, complementadas com outros projectos de construção assistida, quer na cidade, quer no meio rural, bem como a reabilitação das casas precárias, está-se a permitir a redução do défice de habitação na ilha do Maio.

O Primeiro-ministro, José Maria Neves, afirmou por seu turno que as 43 famílias que receberam as suas chaves, à semelhança das que já receberam chaves nos outros concelhos do país, viram o sonho de casa própria a tornar-se realidade. “Aqui temos 90 casas e esperamos que as restantes 47 famílias assinarão os seus contratos brevemente para receber as suas chaves e cuidar dessas casas”.

O programa “Casa para Todos” na ilha do Maio é composto por 90 fogos, sendo 57 de classe A e 33 de classe B, quatros espaços comercias e parque infantil. E custou a Governo de Cabo Verde cerca de 260 mil contos. E para muitos, em termos arquitectónicos, o complexo “Casa para Todos” da ilha do Porto Inglês é a mais bonita, construída até então em Cabo Verde.

SM

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade